Todos os artigos de João Caeiro

A deficiência de selénio em Portugal

O Atlas da Saúde publicou um artigo muito completo sobre a deficiência de selénio em Portugal.

Atlas da Saúde – Artigo sobre a deficiência de selénio e associação à disfunção da tiróide e cancro.


O suplemento de selénio com documentação científica pode ajudar a colmatar esta falha. BioActivo Selénio+Zinco contém SelenoPrecise, uma levedura de selénio patenteada com biodisponibilidade documentada em 88.7%.

Saúde, Dietas e Praia

A época balnear é propícia à procura de dietas loucas e milagrosas para perder uns quilitos em poucas semanas, com o intuito de apresentar na praia um corpo esbelto e trabalhado. Escusado será dizer que esta é uma prática errada e pouco eficaz para manter um corpo saudável. Em vez de tentar cumprir com as especificações e padrões de beleza física das nossas redes sociais já para este Julho ou Agosto, tente aproveitar as férias para alterar progressivamente a atitude e hábitos alimentares que tem consigo próprio e dê-lhes continuidade durante o resto do ano.

A alimentação necessária para conseguir um corpo saudável requer disciplina, inteligência e perseverança. O exercício físico, que poderá passar só pela caminhada, também ajuda e complementa o processo de convergência para uma vida mais saudável.

Deixamos-lhe algumas dicas importantes, que provavelmente já conhece. Se tiver curiosidade poderá pesquisar mais profundamente cada assunto através dos links.


Especialista alerta que água não é suficiente para se manter hidratado no verão
Especialista alerta que água não é suficiente para se manter hidratado no verão

Beba bastante água – As altas temperaturas do verão fazem com que o corpo passe por uma perda grande de líquidos e eletrólitos. Para repor esses nutrientes, é essencial e beber bastante água. Esse cuidado deve ser intensificado em crianças e idosos, que são mais suscetíveis à desidratação. Visita o link.

Coma frutas – Outra excelente maneira de manter o corpo saudável é consumindo frutas, que podem repor o potássio, por exemplo. Além de serem ricas em água, as frutas possuem vitaminas e minerais necessários ao funcionamento adequado do organismo, em todas as fases da vida. Pessoas que sofrem com diabetes devem consumir com moderação. Não substitua uma alimentação saudável e variada por uma alimentação só com Frutas. Visita o link.

Fuja dos molhos – Molhos em geral são perigosíssimos para a saúde. Alimentos como maionese, por exemplo, necessitam de uma refrigeração adequada e, no verão, se não houver armazenamento adequado, é possível passar mal. Evite principalmente em lanches na rua ou na praia.

Café da manhã saudável

Não pule refeições – Nunca deixe de tomar café da manhã, nem mesmo se acordar para ir muito cedo à praia. Isso deixa o corpo alimentado e evita fraquezas.

Fritos
Prefira Fritos com Azeite

Fritos NOT! – Evite ao máximo os alimentos fritos, que são ricos em gordura saturada. Essa condição faz com que uma simples coxinha, por exemplo, possa trazer mais riscos de obesidade e doenças cardiovasculares. Caso não seja possível cortar completamente, pode ser interessante seguir algumas dicas para preparar fritos de maneira mais saudável. Visita o link.

Bebidas Álcoolicas
Cuidado com as Bebidas Álcoolicas

Cuidado com o álcool – Cerveja, chopp, caipirinha ou qualquer outro drink feito com bebida alcoólica costumam ser mais consumidos durante a estação mais quente do ano. Afinal, são óptimas opções para refrescar. Porém, o álcool é diurético e aumenta a desidratação, além de estar relacionado com doenças hepáticas e excesso de peso.

Evite Açucares e doces
Evite Açucares e Doces

Evite açúcar refinado e doces – São os maiores vilões para a manutenção do peso. Por isso, evite os gelados, doces e bebidas açucaradas que podem garantir uns quilinhos a mais.

salgados
Vai mais um Salgadinho? NOT!

Nada de sal – Também é preciso controlar o consumo de sal e biscoitos salgados. Aqueles pacotes de salgadinhos, por exemplo, são ricos em sódio e gorduras do tipo trans. Também é importante entender que o excesso de sódio está relacionado com a retenção de líquidos, elevação da pressão arterial (em qualquer idade) e, principalmente para as mulheres, aumento das celulites.

Existem alimentos que parecem saudáveis mas não são!
Existem alimentos que parecem saudáveis mas não são!

Diet tem limites – Bebidas dietéticas costumam usar nas composições adoçantes à base de sódio. Estes, também aumentam a retenção de líquidos do corpo, favorecendo o surgimento (ou agravamento) de celulites. Visita o link.

agua coco praia

Muita água de coco – Essa pode ser sua grande aliada, já que hidrata e repõe os eletrólitos perdidos com o suor excessivo. Mas, fique atenta: água de coco mantém o corpo saudável, mas tem consumo restrito.

Fonte: www.bolsademulher.com


Cultive a Amizade pela sua Saúde!

Dores articulares e desgaste da cartilagem?

Novas recomendações dos especialistas. A aceitação da glucosamina e da condroitina, pelos especialistas, baseia-se na avaliação exaustiva destas sustâncias naturais e seguras.

Durante anos, os medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios foram a chamada terapêutica de primeira linha para as pessoas com osteoartrose – um problema em que a cartilagem articular se vai desgastando a ponto de provocar dores e mobilidade articular reduzida. Os especialistas surgem agora com uma recomendação totalmente nova – o sulfato de glucosamina e de condroitina. Tanto a glucosamina como a condroitina são utilizadas por pessoas com osteoartrose há vários anos e são cada vez mais aconselhadas. Mas agora, pela primeira vez, o sulfato de glucosamina e de condroitina são oficialmente aconselhadas por um grupo de especialistas europeus como o melhor ponto de partida no alívio dos sintomas da osteoartrose.

Novo protocolo terapêutico

Num novo protocolo terapêutico, dirigido a reumatologistas e outros médicos especialistas recomenda claramente o sulfato de glucosamina e de condroitina como substâncias seguras e eficazes. As novas recomendações dão indicações a médicos que tratam doentes com osteoartrose, e baseiam-se na investigação mais recente divulgada em publicações científicas. O objectivo é optimizar a terapêutica e criar consenso entre os médicos.

Um bom ponto de partida

Embora o sulfato de glucosamina e de condroitina sejam apenas uma pequena parte das estratégias de tratamento da osteoartrose, são um bom ponto de partida, já que têm efeitos comprovados em estudos e não provocam os habituais efeitos secundários de medicamentos geralmente recomendados.

A palavra-chave é “sulfato”

Existem vários estudos com glucosamina em que a substância demonstrou resultados positivos, enquanto noutros não ficou demonstrada a sua eficácia. Por mais confuso que possa parecer, há uma explicação lógica para esta discrepância. A glucosamina existe em várias formas, sendo o sulfato de glucosamina a forma que apresentou resultados fidedignos, ao contrário de outras formas, como o cloridrato de glucosamina. Daí que o novo relatório indique claramente o sulfato de glucosamina, porque actua melhor. É também importante que tenha ambas as substâncias tenham qualidade farmacêutica.

BioActivo Glucosamina Duplo
BioActivo Glucosamina Duplo

Glucosamina e condroitina
o que são?

A glucosamina é um aminossacárido e um dos componentes utilizados pelo organismo para produzir cartilagem – o tecido resistente e muito elástico que protege as articulações e impede o atrito entre as extremidades ósseas. Outro componente activo é a condroitina. À medida que envelhecemos, a cartilagem vai-se desgastando naturalmente mas também devido a outros factores, como falta de exercício, excesso de peso e desgaste relacionado com a actividade.

Regenera a articulação lesada

A glucosamina e condroitina apresentam efeitos extraordinários. De acordo com estudos científicos, pessoas com cartilagem articular degradada têm bastante menos dores e melhor mobilidade quando tomam suplementos de glucosamina e condroitina. Estas substâncias não só impedem a progressão da degradação da cartilagem, como recuperam parte da cartilagem já degradada. Em certo sentido, a glucosamina e a condroitina funcionam como um solução para reparar a cartilagem destruída.

Omega 3, um alimento essencial para os seus filhos

O ómega 3 é um dos nutrientes essenciais ao saudável desenvolvimento dos seus filhos.

Uma das principais carências da alimentação moderna são os ácidos gordos ómega, principalmente o ómega 3. Pode ser encontrado nos peixes de água fria, como a sardinha, o salmão e o bacalhau, e no reino vegetal, principalmente no óleo e nas sementes de línhaça e chía.

Com os novos hábitos alimentares, uma das principais carências é a falta de ómega 3, um tipo de ácido gordo essencial. É chamado de essencial, pois o nosso organismo não tem capacidade de o produzir, sendo necessário ingeri-lo através de alimentos, como o peixe, ou suplementos alimentares.

Alimentação das crianças
A alimentação das crianças deve ser rica em Ómega 3

As crianças são as maiores beneficiadas pelo consumo de ómega 3. Ao longo de toda a infância, dependem bastante da atuação desta gordura para um completo desenvolvimento cerebral, imunológico, visual, emocional e cognitivo. Isto acontece porque existe um rápido e constante crescimento cerebral durante a fase de crescimento e o consumo dos ácidos gordos essenciais têm consequências positivas nesse desenvolvimento. Desta forma, os suplementos ómega 3 são complementos essenciais ao saudável crescimento dos seus filhos.

Consulte o nossos suplementos alimentares ricos em Ómega 3!
Solicite o aconselhamento dos nossos farmacêuticos.

Advancis Omegamousse
Advancis Omegamousse – Recomendado para crianças

Dosagem certa para crianças?

Dosagem do medicamento em crianças
Dosagem do medicamento em crianças

Qual a dosagem certa de medicamento analgésico a administrar a uma criança?

O medicamento é composto por uma ou mais substâncias com princípios ativos bem definidos e que devem ser administrados em quantidades bem controladas e adaptadas ao doente. O seu médico é quem define a dosagem recomendada após a análise do seu caso clinico. O que por vezes é bom para um individuo pode não o ser para outro, mesmo que apresente aparentemente os mesmos sintomas. Consulte o seu médico e/ou farmacêutico que o irá orientar na toma certa.

No caso dos medicamentos analgésicos, tais como o Paracetamol e o Ibuprofeno, são fármacos de venda livre onde existe a tendência para a automedicação e algum descontrolo de dosagens. Este risco é tanto maior quanto menor fôr a idade do doente, sobretudo quando falamos de crianças. É errado pensar que uma criança é um pequeno adulto e que a medicação certa corresponde a metade do comprimido do adulto. O nível de toxicidade do medicamento depende do peso da criança e da sua capacidade de metabolização e eliminação. Aconselhe-se sempre com o médico ou farmacêutico antes de administrar algum medicamento à criança.

Se ainda assim confia na sua capacidade de avaliação e pretende medicar uma criança com o analgésico Paracetamol ou o Ibuprofeno então recomendamos a consulta do site da Deco Proteste onde encontrará uma forma de calcular a dosagem certa para crianças em função do seu peso, até um máximo de 50 Kg:

Dosagem certa para crianças